Gasoduto GASBEL II

Gasoduto Caraguatatuba–Taubaté – GASTAU
junho 7, 2017
Gasoduto Paulínia SP – Jacutinga – MG
junho 7, 2017

Com investimento de R$ 1,28 bilhão e geração de 21,9 mil empregos diretos e indiretos, o gasoduto, que liga Volta Redonda (RJ) a Queluzito (MG), aumenta a capacidade de transporte de gás natural para a Região Metropolitana de Belo Horizonte e para o Vale do Aço. Obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o Gasbel II tem 267 quilômetros de extensão, 18 polegadas de diâmetro e capacidade para transportar 5 milhões de m² por dia. Gasbel I, que iniciou operação em 1994 com capacidade para transportar 3,15 milhões de m² por dia. De acordo com a Petrobras, a entrada em operação de dois novos gasodutos – o Paulínia-Jacutinga, em janeiro 2010, e o Gasbel II – deixa o Estado em condições de receber quatro vezes mais o volume de gás natural dos últimos 22 anos.

Em julho de 2007 a ESTEIO deu início à execução dos Serviços de Projeto Básico do Gasoduto Rio de Janeiro – Belo Horizonte (GASBEL II). Este trecho do gasoduto tem cerca de 264 km, com diâmetro de 18″, partindo da ESVOL – Estação de Volta Redonda, no município de mesmo nome, no Estado do Rio de Janeiro, até a área da Válvula 24 do Oleoduto Rio de Janeiro-Belo Horizonte (ORBEL I), no município de Queluzito, no Estado de Minas Gerais, é denominado Expansão do Gasoduto Rio de Janeiro-Belo Horizonte (Gasoduto GASBEL II). Os municípios atingidos foram:

TRAVESSIA / CRUZAMENTO

MUNICÍPIO

RIO DE JANEIRO

1

Volta Redonda

2

Pinheiral

3

Piraí

4

Barra do Piraí

5

Mendes

6

Vassouras

7

Rio das Flores

RIO DE JANEIRO

8

Belmiro Braga

9

Juiz de Fora

10

Ewbank da Câmara

11

Santos Dumont

12

Oliveira Fortes

13

Barbacena

14

Alfredo Vasconcelos

15

Ressaquinha

16

Carandaí

17

Cristiano Otoni

18

Queluzito

BASE CARTOGRÁFICA

A base cartográfica utilizada foi da IBGE 1:50.000:
– SF-23-Z-A-III-3
– SF-23-Z-A-VI-1
– SF-23-Z-A-V-2

PLANO FUNCIONAL

A partir da base cartográfica, elaborou-se o Plano Funcional, indicando os acessos, áreas de válvulas e bota-foras.

ESTUDO DE TRAVESSIAS E CRUZAMENTOS ESPECIAIS

Ao longo da faixa foram realizados os seguintes estudos de travessias e cruzamentos:

Item

TRAVESSIA / CRUZAMENTO

Item

TRAVESSIA / CRUZAMENTO

1

Rodovia Municipal Benjamin Constant

7

Rio das Mortes

2

RJ 141

8

RJ 115

3

Canal Santa Cecília

9

Ferrovia Centro Atlântica S.A

4

Rio Piraí

10

Rio Paraíba do Sul

5

RJ 137

11

RJ 135

6

BR 393

12

Afluente da Divisa

Relação de todas as travessias ao longo da faixa.

PRODUTOS GERADOS

Os serviços do escopo de projeto básico da faixa e pré-detalhamento do duto foram traduzidos pelos seguintes produtos:

 

  • Planta de Situação com implantação geral na escala 1:25:000;
  • Planta Chave / Unifilar de Terraplenagem na escala 1:10.000;
  • Desenho de Zoneamento Geotécnico na escala 1:10.000;
  • Mapa Ambientais na escala 1:10.000;
  • Desenho de Unifilar de Vegetação na escala 1:5.000;
  • Planta de Faixa na escala 1:1.000;
  • Perfil do duto na escala 1:1.000;
  • Desenho de cruzamentos e travessias na escala 1:200;
  • Desenho de Seção de Terraplenagem na escala 1:200;
  • Desenho de detalhes típicos de terraplenagem na escala 1:500;
  • Desenho de detalhes típicos de drenagem na escala 1:500;
  • Desenho de obras de contenção e estabilização das margens na escala 1:500;
  • Relatórios;
  • Memoriais Descritivos;
  • ETs – Especificações Técnicas;
  • MC – Memórias de Cálculo;
  • Planilhas de Quantidades.
Cliente: Petróleo Brasileiro S.A. – PETROBRAS
Segmento: Óleo e Gás
Prazo: 23 meses
Extensão: 99 km
Local: Rio das Flores | RJ

Escopo

Expansão do Gasoduto GASBEL II – Trecho “B” (Rio das Flores/ RJ – Belmiro Braga, Juiz de Fora, Ewbank da Câmara e Santos Dumont/MG).

FOTOS DO PROJETO

Recuperação de Áreas Degradas

Recuperação de Áreas Degradas – Utilização de Escavadeira