Serviços

Nossos serviços são customizados, buscando atender com criatividade às demandas de todos os clientes, independente do porte ou área de atuação.

Licenciamento e Regularização Ambiental – CETESB

• Estudo de Impacto Ambiental – EIA
• Relatório de Impacto Ambiental – RIMA
• Plano de Controle Ambiental – PCA
• Relatório de Controle Ambiental – RCA
• Plano de Recuperação de Áreas Degradadas – PRAD
• Relatório Ambiental Preliminar – RAP
• Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos – PGRS
• Estudo de Viabilidade Ambiental – EVA
• Estudo de Impacto de Vizinhança – EIV
• Memorial de Caracterização do Empreendimento – MCE
• Autorização para Intervenção em APP
• Autorização para Intervenção em APM
• Autorização para supressão de vegetação
• Laudos de caracterização da vegetação
• Laudos de fauna
• Laudo comprobatório para cumprimento de TCRA
• Cadastro Ambiental Rural – CAR
• Certificado de Movimentação de Resíduos de Interesse Ambiental – CADRI

Projetos Ambientais – Dimensionamento

• Estações de Tratamento de Água
• Estações de Tratamento Efluentes
• Estações de Tratamento de Água para Reuso
• Sistemas de microdrenagem – águas pluviais
icrodrenagem – controle de picos
• Sistemas de macrodrenagem – controle de picos de cheias
• Barramentos
• Canalizações
• Redes de abastecimento de água e esgotamento sanitário

Diagnóstico Ambiental

• Estudo Prévio de Viabilidade Ambiental – EPVA
• Estudo técnico de APP
• Diagnóstico arqueólogo junto ao IPHAN
• Parecer técnico junto ao IGC
• Análise de passivo ambiental

Obras de Infraestrutura

• Terraplanagem
• Rede de água e esgoto
• Rede de águas pluviais
• Arruamento, guias e sarjetas, pavimentação asfáltica

Análise de Projetos de Construção Pesada

• Planejamento
• Orçamento

Plano de Recuperação de Área Degradada


Uma área perturbada e/ou degradada pode ser caracterizada pela ocorrência de alteração das propriedades ambientais, bióticas e abióticas que tiveram tal ocorrência relacionada à alguma atividade realizada pelo ser humano.

O Plano de Recuperação de Áreas Degradadas – PRAD foi concebido tendo como foco a regulamentação da atividade de mineração.

Foi concebido na Constituição de 1988 e desde então passou a ser aplicado em diversos tipos de empreendimentos e é previsto no escopo dos Estudos Ambientais e no Licenciamento Ambiental.

Supressão de Vegetação Nativa


Qualquer atividade que envolva a supressão de vegetação nativa depende de autorização, seja qual for o tipo da vegetação (mata atlântica, cerrado e outras) e o estágio de desenvolvimento (inicial, médio, avançado ou clímax). Mesmo um simples bosque ou a exploração florestal sob-regime de manejo sustentável, para retirada seletiva de exemplares comerciais (palmito, cipós, espécies ornamentais, espécies medicinais, toras de madeira, etc) não podem ser realizados sem o amparo da autorização para supressão.

Conheça mais sobre Supressão de Vegetação Nativa